Central de atendimento ao cliente
  • BA
  • CE
  • ES
  • MG
  • PE
  • PR
  • RJ
  • RS
  • SP
3003-9804


Notícias

07/10/2011 Locamerica pede registro de companhia aberta

Por Ana Paula Ragazzi e Nelson Niero | Valor

SÃO PAULO - A Companhia de Locação das Américas (Locamerica) solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) registro inicial de companhia aberta. Até o momento não há informações sobre uma oferta de ações.

A empresa foi criada em 2008, quando a Votorantim Finanças, holding financeira do Grupo Votorantim, se associou à Locarvel, especializada na locação de veículos para o setor corporativo. Àquela época, a Votorantim ficou com 21,21% do capital da empresa, após investir R$ 70 milhões na parceria. A empresa já nascia com a perspectiva de abrir capital em dois ou três anos.

Até o ano passado a Locamerica estava classificada no balanço da BV Empreendimentos como um ativo disponível para a venda. Ao fim de 2010, mudaram os planos e a empresa voltou a ser um investimento. Em 2009, a participação na Locamérica estava avaliada em R$ 119,5 milhões.

Em 2010, a companhia lucrou R$ 11,5 milhões, recuperando-se de um prejuízo de R$ 8,5 milhões em 2009. A receita líquida ano passado foi de R$ 309, 2 milhões, com incremento de 46%.

Segundo as informações que acompanham o balanço da Locamerica, em dezembro de 2010 a empresa conquistou a posição de segunda maior empresa de locação de frotas do Brasil, com 21,9 mil carros. Os investimentos em expansão e renovação da nossa frota alcançaram R$ 294,0 milhões, com a aquisição de 11 mil carros em 2010.

Em 2008 a companhia apresentava 60% de sua dívida líquida no curto prazo, e em 2010, esse percentual já estava reduzido para 22% . Isto foi alcançado, segundo a empresa, através da captação de R$ 225 milhões em duas emissões de debêntures.

Veja Também


Assessoria de imprensa
Assessoria de imprensa